Home | Publicações Técnicas | Anais ZOOTEC | Palestras | Conservação e Uso de Animais Silvestres no Brasil

Congresso Brasileiro de Zootecnia - ZOOTEC

Conservação e Uso de Animais Silvestres no Brasil

Tamanho da fonte: Decrease font Enlarge font
  1. Departamento de Zootecnia
  2. Pós-graduação em Zootecnia - FCAV/UNESP, CESAM, bolsista do Programa AlBan/no. E07D402597BR
  3. Departamento de Biologia/CESAM, Universidade de Aveiro, Aveiro, Portugal. Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias Universidade Estadual Paulista Jaboticabal, SP, Brasil jeffrey@fcav.unesp.br

Resumo: Pretende-se, com esse trabalho, mostrar a importância econômica e social da criação de animais silvestres em cativeiro, oferecendo subsídios para a sua conservação, uma vez que estes são de grande importância para o meio ambiente e têm estreita relação com o homem. O comércio clandestino ainda é um dos maiores problemas no Brasil, tornando, cada vez mais, ineficientes as leis mais restritivas e também desfavorecendo produtores que querem trabalhar legalmente. Inúmeros animais silvestres já fazem parte do hábito alimentar do homem, como paca, cutia, anta, cateto, queixada, jacaré, capivara e tantos outros, os quais têm importância na obtenção de rendas, sejam vivos sejam em forma de produtos e subprodutos. A criação em cativeiro – quando com respeito às características comportamentais dos animais, aos cuidados com a sua alimentação, à conservação e ao tratamento de doenças, à segurança adequada e, principalmente, às leis ambientais – serve, além de fonte de renda ao produtor, como contribuição para a conservação de espécies, cujo número tem sido reduzido pela perda de seus habitats naturais, devido, entre tantos fatores, ao desmatamento, tornando-se algumas em espécies ameaçadas.

Palavras-chave: biodiversidade, criação, extinção, nativo

 

Conservation and use of wild animals in Brazil

Abstract: The purpose of this lecture is to show the economic and social importance of wildlife farming, providing information for their conservation, once they are of major importance to the environment and live in close relationship with humans. Clandestine trade is still one of Brazil’s greatest problems, making even more restrictive laws increasingly inefficient and disfavoring raisers who want to work legally. There are countless wild animals which are included in the human feeding habits, such as the paca, the agouti, the tapir, the collared peccary, the whitelipped peccary, the alligator, the capybara and so many others, which are important in bringing an income, whether alive or as products and subproducts. Raising in captivity – when done by respecting the animals’ behavioral characteristics, by taking care of their feeding, the prevention and treatment of diseases, adequate safety and, mainly, abiding by the environmental laws – serves, in addition to being a source of income to the raiser, as a contribution to the conservation of species, whose number has been reduced by the loss of their natural habitats, due, among many other factors, to deforesting, which has made some of them become endangered.

Keywords: biodiversity, extinction, native, raising

 

Introdução
Hoje em dia, é comum falar sobre animais silvestres, sobre sua importância para o meio ambiente, sobre sua conservação e preservação e, principamente, sobre sua relação com o homem. E por que não falar também em sua produção, já que, conservando-os, o excedente seria a produção.

Inicialmente, cabe a nós perguntarmos: o que são animais silvestres? São, de acordo com a Lei 9.605/98, art. 29, espécimes pertencentes às espécies nativas, migratórias e quaisquer outras, aquáticas ou terrestres, que tenham a sua vida ou parte dela ocorrendo naturalmente dentro dos limites do Território Brasileiro e de suas águas juridicionais, como paca, cutia, anta, cateto, queixada, jacaré, capivara e tantos outros.

Apesar do rigor da Lei de Proteção à Fauna (Lei 5.197), de 3 de janeiro de 1967, o comércio clandestino ainda é um dos maiores problemas para os silvestres no Brasil, tornando, cada vez mais, ineficientes as leis mais restritivas e também desfavorecendo produtores e comunidades que querem trabalhar legalmente.

Segundo essa lei, todas as espécies da nossa fauna silvestre são propriedade do Estado, ficando proibida a caça profissional – a amadorística só seria permitida em áreas específicas, e a introdução de espécies exóticas dependeria de um parecer técnico. Esta lei reduziu a caça predatória, mas atingiu resultados bem inferiores aos desejados, provavelmente por falta de campanhas maciças de educação das populações e de preparo de equipes em quantidade suficiente para a fiscalização, orientação e/ou substituições alternativas da caça de subsistência. Como conseqüência de interpretações dúbias dos órgãos fiscalizadores, resultou também a redução ou quase extinção das criações e pesquisas da fauna silvestre em cativeiro (Giannoni, 2006).

No que se refere à alimentação, a fauna silvestre é historicamente importantíssima, pois foi primordial no desenvolvimento da raça humana, que dependia exclusivamente dela para sobreviver. Naquela época, a caça – hoje transformada, em alguns lugares, em um esporte destruidor – era simplesmente a forma rudimentar utilizada por nossos ancestrais para a obtenção de alimento, o que, para muitas tribos indígenas que vivem isoladas na Amazônia, ainda é um meio de sobrevivência.

A utilização racional da fauna silvestre também é muito importante para o homem dito civilizado, que poderá manter e desenvolver criações para fins de obtenção de proteína de alta qualidade. Logo se pretende mostrar a importância econômica e social da criação de animais silvestres em cativeiro, bem como oferecer subsídios para a sua conservação.

 

Conteúdo

  • Conservação e importância
  • Criação e uso

 

Considerações Finais
Os animais silvestres estão tutelados pela proteção constitucional genérica e pelas normas infraconstitucionais, ou seja, estão sob o amparo específico da Lei 5.197/67, que proíbe a utilização, perseguição, destruição, caça ou apanha desses animais, assim como estende a proteção aos seus ninhos, abrigos e criadouros naturais. Assim, constitui crime matar, perseguir, caçar, apanhar e utilizar espécimes da fauna silvestre – nativas ou em rota migratória – sem a devida licença ou autorização, nos termos da Lei 9.605/98.

Uma maneira de conservar os animais silvestres é por meio de criação em cativeiro, as quais – quando com respeito às características comportamentais dos animais, aos cuidados com a sua alimentação, à prevenção e ao tratamento de doenças, à segurança adequada e, principalmente, às leis ambientais – servem, além de fonte de renda ao produtor, como contribuição para a conservação de espécies, cujo número tem sido reduzido pela perda de seus habitats naturais, devido, entre tantos fatores, ao desmatamento, que as coloca em risco de extinção.

Essa conservação não é só responsabilidade dos governos. As organizações internacionais e não-governamentais, o setor privado e todos os cidadãos têm um papel a desempenhar, no que se refere a conscientizar a população e, conseqüentemente, acabar com comportamentos destrutivos.


Baixar anexo


Adicionar para:    Adicionar ao Delicious Delicious  |  Adicionar ao Twitter Twitter  |  Adicionar ao LinkedIn LinkedIn

Assinar feed dos comentários Comentários (4 postado):

Gercy Soares Pinto em 07/10/2010 20:29:01
avatar
Estou fazendo uma resenha e preciso de subsídios que justifique minhas considerações
Gostei Não Gostei
0
Aneliese Antonia Tomaz em 16/10/2010 13:40:03
avatar
Olá...estou querendo fazer minha tese de mestrado em cima deste tema e gostaria de lhes pedir material referente ao assunto...se tiverem como mandar para meu e-mail agradeço!!
Cordialmente Aneliese Antonia Tomaz
Gostei Não Gostei
0
messias lucas em 05/12/2011 05:04:19
avatar
Olá... estou elaborando meu tcc com formato de projeto de "criação de animais silvestre" agradeço se tivem como eviar ao e-mail agradeço.
Gostei Não Gostei
0
Vanderson em 10/03/2013 19:14:16
avatar
Oi, Estou fazendo meu tcc sobre criadouro conservacionista de aracnideos e, gostaria de lhes pedir matarial referente ao assunto. Favor enviar por e-mail. Grato
Gostei Não Gostei
0

Poste seu comentário comment

Digite o código oculto na imagem abaixo:

  • email Enviar a um amigo
  • print Versão para impressão
  • Plain text Texto
Avaliar este artigo
3.50